Artigo

Medicamentos para HIV Podem Reduzir o Risco de Doença de Alzheimer? Um Estudo Promissor Revela Novas Possibilidades

A doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência em todo o mundo, afetando aproximadamente 7 milhões de pessoas somente nos EUA. As terapias atuais oferecem benefícios limitados e não modificam substancialmente a doença, destacando a necessidade urgente de novas opções de tratamento que sejam mais eficazes e seguras.

Os pesquisadores liderados por Jerold Chun, MD, PhD, focaram no fenômeno da recombinação genética somática dependente da transcriptase reversa, que pode promover a doença de Alzheimer. A transcriptase reversa, uma enzima capaz de converter RNA em DNA, tem sido associada a várias desordens cerebrais e é um alvo farmacológico no tratamento do HIV.

Neste estudo, Chun e sua equipe analisaram registros médicos de mais de 225.000 pessoas, incluindo cerca de 80.000 indivíduos com HIV e mais de 60 anos. Entre os participantes, mais de 46.000 haviam tomado inibidores da transcriptase reversa. A análise revelou que esses indivíduos apresentaram uma redução significativa na incidência e frequência da doença de Alzheimer.

Discussão e Implicações Práticas:

Esses resultados sugerem que os inibidores da transcr...

Continue lendo este conteúdo na íntegra

Faça Login ou Crie sua Conta Grátis

Próxima Notícia

Uso de agonistas do receptor GLP1 não parece aumentar o risco de câncer de tireoide