Decifrando os Resultados da Carga Viral do HIV: o que significa blip, não detectável, indetectável - Medictalks
Artigos

Decifrando os Resultados da Carga Viral do HIV: o que significa blip, não detectável, indetectável

Decifrando os Resultados da Carga Viral do HIV: o que significa blip, não detectável, indetectável

Escritor Fernanda Conte| Revisor Dr. Alexandre Barbosa Naime

A carga viral do HIV compreende um teste de biologia molecular, baseado na reação em cadeia da polimerase quantitativa em tempo real (RT-qPCR), que permite a detecção e quantificação do material genético (RNA) do HIV em amostras de sangue periférico. A solicitação do teste de carga viral tem, em alguns casos, finalidade de confirmar o diagnóstico da infecção pelo HIV, e principalmente avaliar a evolução clínica dos pacientes já diagnosticados e avaliar a efetividade e adesão ao tratamento antirretroviral1.De modo geral, após a entrada do HIV no hospedeiro, há um período inicial, que pode perdurar até 10 dias, conhecido como “fase de eclipse”, onde nenhum marcador viral pode ser detectado nas amostras de sangue2. Com a rápida replicação do vírus, o RNA do HIV passa a ser detectado a nível plasmático cerca de 4 a 11 dias após o contato inicial3, caracterizando a chamada carga viral detectável.A seguir, é desenvol...

Quer continuar lendo?

Crie seu cadastro na Medictalks para ter acesso ao conteúdo do nosso blog na íntegra.

Baixe o app

Pronto para fazer parte
da rede Medictalks?

Baixe o app

Baixe o aplicativo e tenha acesso a todos os
benefícios de fazer parte da Medictalks.
Acesso realtime, na palma da mão!